Desesperado e com uma filha faminta, ele vendia canetas até que um estranho tirou uma foto de sua filha e descobri

A maior parte das pessoas sabe que existem muitos refugiados espalhados por todo o mundo, também têm conhecimento que eles passam por dificuldades para se adaptar às novas culturas.

Nesse texto nós vamos contar a história de Abdul Halim al-Attar, que é um refugiado sírio, ele ficou conhecido após ter sido fotografado vendendo canetas pelas ruas de Beirute, foi a única maneira que o homem encontrou de conseguir dinheiro após ter saído de seu país.

Na foto em questão, Abdul estava com sua filha nos braços, pois ele não tinha um lugar seguro para deixá-la por esse motivo a estava carregando, enquanto tentava vender suas canetas.

A imagem viralizou, tocando muitos corações por todo o mundo pois ela mostra como o nosso mundo está cruel e inseguro. Fazendo com que uma jovem menina e seu pai passem por tamanha dificuldade para conseguir sobreviver por mais um dia.

Um webmaster criou uma campanha online para arrecadar dinheiro para a família e conseguiu arrecadar cerca de 200 mil dólares.

Com o dinheiro que recebeu, Abdul investiu seu dinheiro em lojas e pensando nas dificuldades das pessoas refugiadas, contratou cerca de 16 refugiados para suas lojas. O destino do valor arrecadado não foi apenas esse, ele ajudou seus amigos que estavam na mesma situação.

Esses exemplos são bons para vermos que ainda existem pessoas que possuem o coração bom e que se comovem com as situações, tentando ajudar da melhor maneira possível.

O que achou dessa história? Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você tem essas “espinhas”no seu braço? Veja por que eles aparecem e como fazê-las sumir

Lembra da Ágatha de “Avenida Brasil”? Ela mudou radicalmente e está irreconhecível!